Aromaterapia - difusores

Updated: 7 hours ago

Em tempo de Covid, a Aromaterapia pode trazer mais equilíbrio em nossas vidas. A Aromaterapia é um método terapêutico que utiliza óleos essenciais para trazer bem-estar físico e emocional. Para isso é importante saber como usar os óleos essenciais e os difusores. Vamos primeiro falar sobre os difusores e no próximo artigo falaremos sobre os óleos essenciais.


Existem no mercado diversos tipos de difusores. Sua escolha vai depender do preço, tamanho do local e finalidade. É importante comprar óleos essenciais de qualidade (fornecedores confiáveis, verificar a origem, o preço, certificado de análise química ou análise por cromatografia gasosa por um laboratório idôneo) para poder obter os efeitos desejados pois muitos deles são adulterados e podem provocar danos à saude. Os óleos essenciais não são essências aromáticas. As essências aromáticas são sintéticas enquanto que os óleos essenciais são naturais e possuem as propriedades terapêuticas.


A inalação é um dos métodos mais eficientes de absorção dos óleos essenciais pelo corpo. Permite que eles sejam absorvidos até uma faixa de 70%, sendo mais eficiente que a absorção tópica (pele).

A inalação pode ser feita de várias formas, ativa (inalador pessoal, nebulizador, difusor elétrico ou ultrassônico e até mesmo a inalação feita com água quente e uma toalha cobrindo a cabeça) ou passiva (colar de aroma, varetas, adesivos). A inalação é um método eficiente para modulação do humor, energização, redução da ansiedade e também pode ser usada para tratar diretamente de problemas respiratórios.

Difusores

A difusão é o processo de dispersar as moléculas do óleo essencial no ar para que elas possam ser inaladas. Ao inalarmos estaremos sentindo o cheiro e ao mesmo tempo, as moléculas dos óleos essenciais irão ao nosso pulmão e sistema olfatório/límbico, sendo absorvidos pela corrente sanguínea. A corrente sanguínea então carregará as moléculas pelo corpo e elas irão interagir com as células causando um efeito.

Difusores Pessoais

Os difusores pessoais são ótimos para viagens e não incomodam os outros com o cheiro dos óleos essenciais.

Um deles é o colar feito de cerâmica (ou terra cota), madeira ou metal com um espaço para pingar as gotas de óleo essencial. (2 gotas)







Um outro tipo de difusor pessoal, é o inalador pessoal ou bastão de aroma. Ele usa um pavio de algodão que é embebido em óleo essencial dentro de um tubo de plástico ou vidro. No pavio você irá pingar 10-15 gotas de óleo essencial ou também poderá usar um blend de óleos. Para usar, coloque o inalador perto das narinas e, em seguida, inspire lentamente enquanto balança o inalador para frente e para trás. Para um efeito mais forte, coloque a ponta em uma das narinas, inspirando profundamente. Em seguida, repita com a outra narina.



Difusor a vela

Eles são geralmente feitos de cerâmica ou metal e possuem um local para colocar a vela e um recipiente em cima para colocar a água e as gotas do óleo essencial. O calor da vela aquece a mistura, fazendo com que o aroma perfume o ar. Escolha um modelo mais alto, no qual a vela fique mais afastada do topo. Ao contrário, a vela transferirá muito calor para a cerâmica e o óleo essencial pode não só evaporar rápido demais, como perder algumas de suas propriedades. Cuidado, pois os óleos essenciais são inflamáveis. A vantagem, no entanto, é o baixo custo. (De 2 -4 gotas na àgua)






Difusor a frio

Eles podem ser feitos de madeira (varetas) ou cerâmica porosa (bolas), comumente encontrados na forma de objetos de decoração. Eles absorvem os óleos essenciais e os liberam à temperatura ambiente, sem necessidade de uma fonte de calor. A difusão, nesse caso, é pontual e para pequenos locais.







Difusor elétrico de tomada

Feito de cerâmica esmaltada de preferência, tem a vantagem de gerar uma fonte de calor mais constante e adequada para óleos essenciais. Ideal para pequenos ambientes. Sua desvantagem é que o óleo evapora rapidamente e portanto precisa ser reposto constantemente. (Seguir as recomendações de uso do manual)


O difusor de ambiente é uma unidade elétrica que utiliza níveis mais baixos de calor para volatilizar os óleos essenciais que são pingados no refil. É bom para viagens e barato, mas você precisará substituir o refil. (Siga as recomendações do manual - geralmente 5-15 gotas)







Difusor Ultrassônico

A difusão ultrassônica é talvez o método de difusão ativa mais popular, e os difusores ultrassônicos estão amplamente disponíveis. Gotas de óleo essencial são adicionadas a um reservatório de água e vibrações ultrassônicas são criadas por um pequeno disco sob a superfície da água que faz com que o óleo essencial se quebre em minúsculas micropartículas. Essa vibração dispersa o óleo essencial e a água no ar, tornando-o disponível para inalação. Tem a vantagem de umidificar o ar seco. Há muito pouco ou nenhum ruído associado aos difusores ultrassônicos, tornando-os perfeitos para uso noturno. Este método é geralmente muito confiável e de baixo risco, embora o custo de um difusor ultrassônico possa ser um obstáculo para alguns. (Siga as instruções de uso do manual. Geralmente 3-5 gotas por 100ml)



Difusor de nebulização

A nebulização é outro método de difusão bastante popular. Os nebulizadores funcionam usando um jato de ar pressurizado para dispersar o óleo essencial no ar sem o uso de água. Este também é um método confiável e seguro, mas tende a usar mais óleo essencial do que a difusão ultrassônica. Ele é mais recomendável para quem precisa cobrir uma área maior.

Os nebulizadores podem ser mais difíceis de limpar do que outros tipos de difusores e os recipientes de vidro podem ser caros para substituir se quebrados. Eles também podem não ser adequados para certas situações devido ao nível de ruído de alguns dispositivos. (Seguir as recomendações de uso no manual)







Inalação Caseira

A inalação caseira é feita usando uma tigela com água fervendo e 3-4 gotas de óleo essencial (ou o blend de óleos). Feche os olhos (pois alguns óleos podem irritar) e coloque seu rosto próximo da tigela inalando o vapor até que o calor se dissipe (não mais que 15-20 min), cobrindo a cabeça com uma toalha. Repita o procedimento 2-3 vezes ao dia se necessário. Esse método ajuda a aliviar sinusite, congestão, resfriado e problemas respiratórios.






Você terá melhores resultados se usar o difusor intermitentemente do que constantemente, durante todo o dia. Use o difusor por 15 minutos ligado e depois 15 minutos desligado intercalando o uso (ou a cada 30 a 60 min). Isso não é apenas mais seguro, mas também mais eficaz, pois nosso corpo e nosso sistema nervoso se habituam aos óleos essenciais após esse período de tempo. Sempre que você estiver usando o difusor, é aconselhável ventilar o local com ar fresco.


Não é aconselhável usar difusores perto de animais. Caso você tenha animais, eles deverão ter livre acesso à outros locais da casa ou poder sair para fora.


Cuidado ao selecionar os óleos essenciais pois eles possuem contraindicações, consultar um profissional em aromaterapia quando for tratar crianças, paciente idosos, pessoas com doenças crônicas, grávidas e lactantes. Os óleos essenciais podem causar reações adversas para pessoas com asma, problemas respiratórios, alergias, doença pulmonar obstrutiva crônica -COPD, enxaqueca, etc.


Deixaremos alguns links/livros que podem ser úteis como fonte de informação e consulta.

https://terra-flor.com

https://www.wnf.com.br

https://tisserandinstitute.org

https://organicaromas.com/pages/how-does-a-nebulizing-diffuser-work


Livros:

Essential oil safety - Robert Tisserand & Rodney Young

Técnicas de aplicação de óleos essenciais: Terapias de saúde e beleza - Fernando Amaral

O grande manual da Aromaterapia - Dominique Baudoux


Se você gostou desse post deixe o seu like ❤️

Namastê


18 views0 comments
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Pinterest Icon